Notícias

HALITOSE

A halitose, da prevenção ao tratamento

Você provavelmente já passou pela constrangedora situação de ter a seu lado, em passeios, entrevistas ou reuniões, um colega com mau hálito. Mas, o que fazer nessas ocasiões? Será que avisar o amigo é uma boa saída? Para saber qual atitude tomar é necessário entender melhor o que é halitose e como pode ser prevenida e tratada. 

Halitose não é uma doença, mas um sintoma de que algo em nosso organismo não está funcionando bem. 

90% dos casos são provenientes da saburra lingual. 

 

Mas o que é a saburra lingual?

É equivalente à placa bacteriana formada por restos alimentares, bactérias e células de descamação da mucosa bucal, com aspecto esbranquiçado e amarelado. 

 

Outros motivos 

Existem muitos motivos que podem levar à halitose, alguns de origem fisiológica, como hálito pela manhã, jejum prolongado, dietas descontroladas e determinados alimentos. Pode ser também devido ao estresse ou demais razões sistêmicas: diabetes, amigdalite, problemas renais, sinusite e rinite. O uso excessivo de medicamentos, ingestão de bebidas alcoólicas e fumo, também comprometem o hálito.

Compartilhe este Post!